Alzheimer pode ter início 18 anos antes dos primeiros sintomas

A partir de avaliações simples, pesquisadores da Universidade Rush, nos Estados Unidos, mostraram que os participantes já apresentavam sinais de declínio cognitivo quase duas décadas antes do diagnóstico da doença

doença.jpeg

O estudo mostrou que testes não-invasivos e de fácil aplicação podem ser utilizados para avaliar os riscos das pessoas de meia-idade desenvolverem a demência dando um período maior para tentar retardar os efeitos mais debilitantes da doença(Stockbyte/Thinkstock/VEJA)

O desenvolvimento do Alzheimer pode começar 18 anos antes do aparecimento dos primeiros sintomas da doença e, consequentemente, do diagnóstico. É o que mostra um novo levantamento publicado na última edição da revista científica Neurology. Até agora, os estudos haviam mostrado que os processos biológicos que causam o transtorno começavam entre 10 e 12 anos antes de os doentes notarem os primeiros sinais do declínio cognitivo.

Para o estudo, os pesquisadores da Universidade Rush, nos Estados Unidos, acompanharam 2 125 idosos durante duas décadas. Os voluntários eram saudáveis e tinham, no mínimo, 65 anos. A cada três anos, os participantes eram submetidos a testes para avaliar a função cognitiva.

#Alzheimer #sintomas #primeiros #avaliações #diagnóstico #doença

Featured Posts